June 10, 2009

e para desenjoar dos festivais...

Bem sei que a agenda aqui ao lado tem andado muito fraquinha, mas isso deve-se, unicamente, a uma grande falta de disposição da minha parte para a actualizar (vulgo: preguiça). Mas podem acreditar quando digo que há vida no Verão para além dos festivais de música.
Mesmo não sendo esta, por tradição, uma época fértil em concertos em nome próprio, andam por aí (pelo menos) três propostas muito interessantes, a ter em séria consideração...

Começamos com Michael Morley, vocalista, guitarrista e 'informático' dos grandes The Dead C, que nos dará o prazer da sua presença já no próximo dia 19, na ZdB, onde irá apresentar a música do seu projecto a solo, Gate. A primeira parte do concerto do neozelandês estará a cargo dos Tigrala, projecto tripartido entre Norberto Lobo, Guilherme Canhão (guitarrista dos Lobster) e Ian Carlo Mendoza (percussionista mexicano). Só pode ser coisa boa!
Este é daqueles a não faltar! Portanto, marquem já nas vossas agendas: sexta-feira, 19 de Junho, pelas 23h, pagar 8€ à entrada da ZdB para assistir a um grande concerto - que eu tenha conhecimento, é data única aqui no rectângulo correcção: também haverá Gate (com Throes e Trash Selector) no Plano B do Porto, a 18 de Junho.

Não temos os mui amados Parts & Labor em Portugal, mas temos 1/4 da formação da banda, na pessoa do gentil BJ Warshaw (gentil porque teve a amabilidade de, durante um ataque de fanzice obscura e doentia, me oferecer uma palheta) e do seu projecto a solo, Shooting Spires. E temo-lo por três vezes: a 24 de Junho n'O Século, em Lisboa, a 25 n'O Meu Mercedes, no Porto (às 22h30, bilhetes a 6€), e a 29 no Central Pub, em Bragança. Yeah!!

Todos aqueles que, como eu, se viram impossibilitados, por um motivo ou outro, de assistir à estreia dos Secret Chiefs 3 no nosso país em Setembro do passado ano, fiquem pois sabendo que vão agora poder suprir essa grave lacuna nas vossas vivências musicais. Mais concretamente, às 22h do dia 28 deste mês, ocasião essa em que a banda irá actuar no Passos Manuel, no Porto. Isto, claro está, só após Franklin Pereira ter aberto as hostilidades.
Tudo o que terão que fazer para também lá estar será adquirir um bilhete - o que poderão fazer já a partir da próxima segunda-feira, dia 15 - por 12€ comprando antecipadamente, ou 15€ no próprio dia.
Com um bocadinho de sorte, a coisa repetir-se-á em Lisboa no dia seguinte (29, portanto), em local a anunciar.

Sim, eu ainda sei contar (e também não me enganei ao falar em três concertos), tal como sei que Verão e Inverno são duas coisas completamente diferentes. Mas simplesmente não poderia deixar passar em branco este alerta, que o caríssimo Eduardo Negrão me fez aqui há umas semanas atrás.
Pois bem, após o concerto dos Handsome Furs em Coimbra, o próprio Dan Boeckner declarou - ou fez umas promessas vãs, ou já estava tão narço que nem sabia o que dizia - que irá regressar ao nosso país em Janeiro de 2010, desta feita na companhia dos Wolf Parade (fonte aqui).
Será que o sonho de ver os cá se irá transformar em realidade ou será que é bom demais para ser verdade? Do fundo do meu coração, voto na primeira. Espero sinceramente que não fosse só a voz do álcool a falar pelo Sr. Boeckner. Ou então uma daquelas mentiras que se contam só para agradar aos fãs... Não pode! O Sr. Boeckner é um homem íntegro, mesmo que possa demonstrar, por vezes, uma tendência para o abuso de certas e determinadas substâncias.