February 28, 2008

grande promoção do 'serrote' - leve 20, pague 0!*

Earth - "The Bees Made Honey in the Lion's Skull" (2008, Southern Lord)
Earth & Sir Richard Bishop - Split Vinyl 12" (2008, Southern Lord)
Nadja - "Thaumogenesis" (2007, Archive)
Electric Wizard - "Witchcult Today" (2007, Rise Above)
*Shels - "Sea of the Dying Dhow" (2007, Shelsmusic/Undergroove)
Kayo Dot - "Choirs of the Eye" (2003, Tzadik)
Kayo Dot & Bloody Panda - Split Vinyl 12" (2006, Holy Roar)
Luddite Clone - "The Arsonist and the Architect" (2000, Relapse)
Genghis Tron - "Board Up the House" (2008, Relapse)
5ive - "Hesperus" (2008, Tortuga)
Boris - "Smile" (29.04.2008, Southern Lord)
MGR - "Wavering on the Cresting Heft" (2007, Conspiracy)
Jesu - "Sundown/Sunrise" EP (2007, Aurora Borealis)
Russian Circles - "Enter" (2006, Flameshovel)
Rosetta - "Wake/Lift" (2007, Translation Loss)
Mouth of the Architect - "The Ties That Blind" (2006, Translation Loss)
Laura - "Radio Swan Is Down" (2006, Alone Again)
The Pax Cecilia - "Blessed Are the Bonds" (2007, ed. de autor)
The Austerity Program - "Black Madonna" (2007, Hydra Head)
Shit & Shine - "Cunts With Roses" (2007, Noisestar Music)


Se aquilo que procuram são os mentores do drone, recentemente convertidos ao deserto, não procurem mais e queiram dirigir-se a Earth. Se, adicionalmente, quiserem algo mais étnico-experimental, então vão por Earth & Sir Richard Bishop.
Se, pelo contrário, procurarem discípulos desse mesmo drone/doom, experimentem Nadja que não se arrependerão.
Por falar em doom, se aquilo que pretendem é mesmo um bom doom psicadélico à moda antiga, a vossa escolha só poderá recair sobre os Electric Wizard.
Se a vossa preferência vos leva por caminhos mais experimentais, com umas tiradas de metal progressivo à mistura, queiram optar por *Shels ou Kayo Dot (Kayo Dot & Bloody Panda, para algum doom sangrento adicional).
Se a vossa 'cup of tea' é mesmo o barulho puro e duro de um noise/grindcore, então ouçam Luddite Clone (grind como se fazia no tempo dos nossos avós! Com grunhidos, balidos e vagidos avulsos incluídos!) e/ou Genghis Tron (com uns toques modernaços de electrónica e das matemáticas).
Se, como eu, são devotos fiéis de todas as coisas sludge e stoner, então têm que ouvir 5ive!... Não a boy band (cruzes-credo!), mas sim os verdadeiros e inimitáveis 5ive! Os dois que mais parecem uma orquestra, tal a muralha sonora!
Falando agora de grandes nomes, oiçam o terror do noise japonês, os Boris, e preparem-se para (mais) uma surpresa! E se são adeptos incondicionais dos Isis, e do Mike Gallagher em particular, bem como de arquitectura paisagística, queriam ouvir MGR. Para mais paisagens e ambientes, experimentem também esse grande senhor, que é Justin Broadrick, com mais um capítulo do seu projecto Jesu.
Se, por sua vez, são apreciadores dessas modernas estéticas art-metal e post-metal, então orientem os vossos tímpanos na direcção de Russian Circles, Rosetta, ou mesmo Mouth of the Architect. Se, para além de serem moderninhos, têm um coraçãozinho de manteiga e o vosso post pende mais para o rock do que, propriamente, para o metal, então queiram escutar Laura e The Pax Cecilia.
E finalmente, se aquilo que procuram não é nada disto e não tem absolutamente nada a ver com nada, então dêem uma espreitadela a The Austerity Program para um punk industrializado (à falta de melhor definição), ou a Shit & Shine para algum do noise mais javardão que terão oportunidade de ouvir na vossa vida!

A serem descarregados nos sítios dos costume. Desfrutem do barulho!

*O que, tecnicamente, não é verdade, uma vez que a rodelinha plástica dos Earth já cá canta. Outras se lhe seguirão... Tudo a seu tempo.

Nota: A posta não tem links, porque isso dar-me-ia muito trabalho (e também para não atrair atenções indesejáveis), mas se procuram algum destes discos em particular apitem, que eu dou-vos o link para o crime.