March 8, 2012

agora só faltava trazerem os at the drive-in, não?


Não, Sr. Covões, a sugestão não é séria. Estava a ser sarcástica. Pelo menos com estes ainda me vou cruzar ali para os lados da Catalunha, e não gostaria, de forma alguma, que os At the Drive-In me forçassem a ir (mais uma vez...) àquele pé-de-vento-a-que-o-senhor-gosta-de-chamar-recinto-mas-que-não-passa-de-um-baldio-mal-amanhado-e-empoeirado-à-beira-Tejo-onde-os-seus-lacaios-montam-umas-tendas-de-circo-e-enfiam-para-lá-algumas-das-bandas-mais-manhosas-de-que-há-memória-para-atrair-as-massas-e-depois-metem-dois-ou-três-nomes-destes-que-é-como-quem-acena-com-uma-cenoura-a-burros-como-eu.
Ainda assim, quem estiver disposto a comer pó e merda às pazadas (o primeiro literalmente, a segunda figuradamente) para ver os Refused ao vivo, só tem que desembolsar 53€ por um bilhete diário (ou 105€ pelo passe de três dias), dirigir-se ao recinto do festival Optimus Alive no dia 13 de Julho e preparar-se para fintar Lostprophets, LMFAO, entre outras aberrações.