no ninho dos açores

hoje há...

Para quem estiver para os lados de Braga...

windsor for the derby is a no-go

Já tínhamos tudo marcado para O Século. As coisas estavam a correr bem, finalmente parecia que iríamos conseguir organizar o nosso primeiro concerto. Já quase que conseguíamos sentir o sweet smell of success, por assim dizer. Estavámos muito entusiasmados, como é óbvio.
Acontece que, a menos de um mês da data do concerto, soubemos que O Século tinha sido fechado... E assim se perde mais uma sala lisboeta. E assim foram por água abaixo semanas de planeamento.
Mas não dos demos por derrotados e recomeçámos todo o processo de estabelecer contactos e falar com pessoas. Pelo caminho deparámo-nos com muito boa-vontade e muita simpatia (mas muita gente de férias e muita sala fechada em Agosto), mas também, e infelizmente, com muita indiferença e muitas promessas não cumpridas. Assim, após dias e dias de tentativas e já muito próximos de 21 de Agosto, resolvemos finalmente baixar as armas e acenar a bandeira branca.
Não vamos conseguir trazer os Windsor for the Derby cá a Lisboa. O nosso primeiro concerto não vai chegar a acontecer. A nossas mais sinceras desculpas àqueles que, tal como nós, estavam entusiasmados com tudo isto, mas foi algo que não podíamos prever, muito menos controlar.
Pode ser que o pessoal mais a Sul tenha um bocadinho mais de sorte...

Quanto a nós, por cá continuaremos a tentar. Até que o primeiro se concretize. E o segundo. E o terceiro. E o quarto... Continuamos por carolice, por casmurrice ou teimosia, mas, sobretudo, porque gostamos disto. Da música e da música ao vivo. E como já dizia a minha avózinha, "quem corre por gosto não cansa".

isto também é lindo!


Modest Mouse - "King Rat"

(Este é o tal célebre videoclipe, que estava a ser realizado pelo Heath Ledger.)

isto é lindo!

Baroness - "Blue Record" (13.10.2009, Relapse)

1. "Bullhead's Psalm"
2. "The Sweetest Curse"
3. "Jake Leg"
4. "Steel That Sleeps the Eye"
5. "Swollen and Halo"
6. "Ogeechee Hymnal"
7. "A Horse Called Golgotha"
8. "O'er Hell and Hide"
9. "War, Wisdom and Rhyme"
10. "Blackpowder Orchard"
11. "The Gnashing"
12. "Bullhead's Lament"

não são bem férias, mas...

Serve o presente para notificar os estimados leitores e amigos do nAnha que, durante o mês de Agosto, as coisas por aqui andarão a meio-gás.
Não serão umas férias sensu stricto, mas aproveitarei este período para tirar um tempo para os meus outros afazeres, aligeirando o ritmo aqui no blogue.
Portanto, deixem-se ficar por aí, sirvam-se de uma bebida - há aperitivos e bolachas ali na despensa - e desfrutem do Verão!

something to write home about #31

Kong

As palavras são do grande Andy Falkous:

«Kong is not a name chosen by accident. It does not describe an effeminate collection of callow fuckers thrust together by a desire to look plucked or sound eager to please.
All are/were/shall be in other, perhaps more commercially viable bands, which is notable only because it fills out their biography and creates the impression of a deeper back-story, which becomes, by definition, massively interesting to idiots. Yes, Nancy was in Jane's Addiction, and Milicent founded ITV.
Kong's music, such as it is, takes all the risibly obnoxious elements of lots of very loud, credible bands, feeds it non-brand specific lager, then comes on it in its sleep.
In truth, they are difficult band to describe unless you're a music journalist, in which case you'd probably pick a large animal (elephant, dinosaur or a fantastical creature of myth) and put it in an unusual place (Middlesbrough) with predictably madcap results.
In summary - the first time I saw them play I felt a burning sensation on my arm and realised that I had developed eczema.»

Bem mais interessante do que estar para aqui a falar em Shellac, Fugazi, mclusky ou The Jesus Lizard, não?


"Leather Penny"

MySpace
 

© nos Açores não há açores. | template Modern Clix criado por Rodrigo Galindez | adaptado para o blogger por Introblogger | modificado por ms. oaktree