January 6, 2009

more, give me more, give me more

Há algo perversamente sedutor nesta música. Talvez seja o primitivismo rítmico. Ou a voz hipnótica de Karin Dreijer Andersson. Ou uma ténue sensação de mal imanente. Ou talvez seja um pouco disto tudo. Mas acima de tudo, é o negrume que permeia este primeiro avanço para o debute do projecto a solo da mana The Knife (e o seu videoclipe em particular) que o torna tão encantador. E viciante. Sem dúvida, uma forte promessa para 2009.

Fever Ray - "If I Had a Heart"