July 31, 2007

o natal é quando uma gaja quiser!

Yeah Yeah Yeahs – “Is Is EP” (2007, Polydor)
Minus the Bear – “Planet of Ice” (2007, Suicide Squeeze)
Aquarium – “Aquarium” (2006, Dischord)
Earth – “Hibernaculum CD+DVD” (2007, Southern Lord)
Oxbow – “The Narcotic Story” (2007, Hydra Head)
Ultra Dolphins – “Mar” (2006, Robotic Empire)


Querido Pai Natal dos Trópicos,

Desculpa estar a interromper as tuas bem merecidas férias nas Seychelles... É duro, eu sei. Empinar Margheritas e apanhar escaldões deve ser bem difícil para quem, como tu, está habituado à vida simples e tranquila da Lapónia. Espero que ao menos não te tenhas esquecido do protector solar FP 60, que isto dos UV não está para brincadeiras e tu com essa tez nórdica tens de te cuidar. Já agora, esclarece-me esta minha questiúncula, os habitantes da Lapónia são lapões ou láparos?... Adiante.
Estava eu a dizer que não me agrada ter que te interromper as férias (bem merecidas, claro!), mas sabes que eu não te estaria a importunar se a coisa não fosse realmente grave.
Como já deves ter conhecimento, a malta não anda propriamente a nadar em dinheiro, e quase todo o que vem é prontamente investido em música, que para além de ser cultura, é algo que nos faz muito felizes! Ora, uma vez que estamos numa altura particularmente prolífica nesse campo, com as bandas, impiedosas, a lançarem todas novos álbums nesta época estival e mais os festivais de Verão, queria pedir-te se não seria posssível este ano antecipar o Natal, vá, aí uns 4 meses.
Fica descansado que tenho sido uma menina bem comportada e tenho comido a sopa toda. Aliás, até tenho comido sopa 2 vezes ao dia, agora que sou uma mocinha mais ou menos trabalhadeira. Todos os dias pago o meu eurinho pela sopinha aos senhores do café em Miraflores. Portanto, como podes ver, também tenho dado o meu contributo para o crescimento da economia nacional.
Esperando que possas atender ao meu pedido, deixo-te aqui uma pequena listinha de sugestões para me deixares no sapatinho. E sem mais assunto me despeço, agradecendo desde já a tua atenção e compreensão.

Beijos ternurentos.

Tua,
Oaktree

P.S.: Vê lá se este ano te atinas e não voltas a meter a pata na poça. Não te ponhas a inventar!... Desculpa o desabafo, mas tinha que sair.